Auguste Renoir

Pintor francês

Biografia de Auguste Renoir:

Auguste Renoir (1841-1919) foi um importante pintor francês, considerado um dos maiores mestres da pintura impressionista. Entre suas obras estão: “Mulher com Sombrinha”, “Rosa e Azul” e “Retrato de Claude Renoir”.

Pierre-Auguste Renoir (1841-1919) nasceu em Limoges, França, no dia 25 de fevereiro de 1841. Filho de um alfaiate e uma costureira muda-se com a família para Paris, em 1845, onde permaneceu durante três anos. De volta à Lemoges estudou em um atelier para aprender decoração em porcelana. Com 17 anos começou a trabalhar em uma fábrica, onde pintava artigos religiosos, leques e tecidos.

Em 1862, após juntar algumas economias, muda-se para Paris e se matricula na École des Beaux-Arts de Paris. Inicia um estágio na galeria do pintor suíço Charles Gleyre, onde faz amizade com Alfred Sisley, Monet e Bazille. Em 1863, após abandonar a escola, passa a pintar ao ar livre em Fontainebleau, fase essencial para a pintura impressionista que iria desenvolver.

Em 1864, expõe a tela “A Esmeralda”, no Salão de Paris, e no ano seguinte expõe o “Retrato de Willian Sisley”, pai de seu amigo. Nessa época pintou uma série de retratos. Em 1866, pinta “Hospedaria da Mãe Anthony”, obra que melhor caracteriza essa fase de sua pintura. A obra foi rejeitada para o Salão Oficial de Artes.

Em 1867 pinta “Lise Com a Sombrinha”, considerada sua primeira obra de destaque. Em 1968, pinta “A Jovem Cigana”. Nelas, retrata sua modelo Lise Trèhot. Em 1970, alistou-se na Guerra Franco-Prussiana, mas doente deu baixa em 1971, ano em que pintou “Mulher com Piriquito”.

Após ter algumas obras rejeitadas, Renoir, Monet, Degas e Pizarro, entre outros artistas, organizam, em 1874, uma exposição dos impressionistas, que foi repetida em 76, 77. Em 1978 Renoir expõe, no Salão Oficial, os retratos da atriz Jeane Samary e de Madame Georges Charpentier, que lançou Renoir nos meios sociais, obtendo compradores para seus quadros.

A partir de 1880, August Renoir vai buscar novas inspirações, viaja para a Argélia, visita Madri, onde vê o trabalho de Diego Velásquez, e segue para estudar na Itália. Em 1881 pinta “Rosa e Azul”, que retrata as duas filhas de Cahen d’Anvers, obra que faz parte do Museu de Arte de São Paulo.

Na sua fase madura, denominada pelo pintor de fase iridescente, demonstra preferência por retratos de mulheres e pelo nu. A série “As Grandes Banhistas” (1887) são desse período. Em 1890 casa-se com uma de suas modelos, Aline Charigot, com quem tem três filhos.

Em 1897, acometido de reumatismo, August Renoir passou a ter problemas de mobilidade. Na vira do século, era um artista admirado em toda a Europa. Em 1904 organizou uma grande retrospectiva de sua obra e em 1905 mudou-se para Cagnes-sur-Mer, em busca de um clima mais saudável. Passou a retratar Gabrielle, jovem contratada para servir seus filhos.

Em 1908 terminou a tela "O Julgamento de Paris". A partir de 1910, com o agravamento da doença o pintor era obrigado a pintar sentado e com o pincel amarrado aos dedos. Apesar das limitações, Renoir continuou pintando e passou a esculpir, com a ajuda dos jovens artistas, Richard Gieino e Louis Morel, que trabalhavam segundo suas instruções. Em 1915, morre sua esposa Aline. Em 1919, suas obras foram expostas no Museu do Louvre.

Auguste Renoir faleceu em Cages-sur Mer, na França, no dia 03 de dezembro de 1919.

Informações biográficas de Auguste Renoir:

Idade: 174 anos
Data do Nascimento: 25/02/1841
Data da Morte: 03/12/1919
Nasceu há 174 anos
Morreu aos 78 anos
Morreu há 95 anos

Última atualização do biografia de Auguste Renoir: 24/02/2015.
« Audrey Hepburn« Auguste Comte«Auguste Renoir»Auguste Rodin »Augusto dos Anjos »