Benjamin Constant

Militar e político brasileiro

Biografia de Benjamin Constant:

Benjamin Constant (1833-1891) foi um militar e político brasileiro. Foi o idealizador da expressão "Ordem e Progresso" da Bandeira brasileira, inspirado no ideal positivista do francês Augusto Conte, que pregava "O amor por princípio, a ordem por base e o progresso por fim". Teve importante papel no processo da Proclamação da República. Por proposta do positivista Demétrio Ribeiro, Benjamin recebeu o título de "Fundador da República Brasileira". Foi professor, doutor em matemática, e ciências físicas. Como militar, galgou vários postos, chegando a General de Brigada. Foi professor e depois diretor do Instituto dos Meninos Cegos, do Rio de Janeiro, durante 20 anos. Em sua homenagem, desde 1891 foi denominado "Instituto Benjamin Constant".

Benjamin Constant (1833-1891) nasceu no dia 18 de outubro, em São Lourenço, Niterói, Rio de Janeiro. Filho do português Leopoldo Henrique Botelho de Magalhães, primeiro-tenente em Portugal, e Bernardina Joaquina da Silva Guimarães. Vieram para o Brasil, onde instalaram uma escola e depois uma padaria, sem sucesso.

Convidado pelo Barão de Lage, foi administrar uma fazenda em Minas Gerais, mediante a divisão dos lucros. Foram os melhores dias, como descreve Benjamin nos versos "Saudades da Infância". No dia 15 de outubro de 1849 Leopoldo falece, deixando a viúva e cinco filhos. Em 28 de fevereiro de 1852, Benjamin ingressa na Escola Militar mas seu interesse era estudar matemática. Em 1854 iniciou sua carreira de professor de matemática na Escola Militar.

Em maio de 1855 foi promovido a alferes. Em 1859 matriculou-se na Escola Central de química, mineralogia e geologia. Foi promovido a primeiro-tenente e bacharelou-se em ciências físicas e matemática. Em 1858 terminou o curso de engenharia militar. Em 1959 foi convidado pelo Governo para examinador de matemática dos candidatos aos cursos superiores do Império, função que exerceu até 1876. Em 1861 entrou para o observatório Astronômico do Rio de Janeiro, enquanto ensinava matemática no Colégio Pedro II. Em agosto de 1862 foi nomeado professor de matemática do Instituto dos Meninos Cegos.

Benjamin Constante casou-se em 16 de abril de 1865. Teve quatro filhas e um filho. Foi promovido a capitão em 22 de janeiro de 1866 e no dia 22 de agosto recebeu ordens para integrar as operações do Exército na Guerra do Paraguai. Foi atacado pela malária, teve licença e depois de seis meses pediu dispensa do Exército, que não foi aceita, decidido a dedicar-se exclusivamente ao magistério. Voltou então para o Instituto dos Meninos Cegos, agora na função de diretor.

Em 1887 fundou o Clube Militar, importante centro de propaganda republicana, da qual era presidente. No dia 9 de novembro de 1889 presidiu a sessão que decidiu pela queda da Monarquia. Proclamada a República, assume a Pasta de Ministro da Guerra do Governo Provisório e em 1890 assume o posto de General-de-brigada. Por discordar das ideias do presidente Deodoro da Fonseca, foi afastado do cargo e para ele foi criada a pasta da Instrução Pública, Correios e Telégrafos.

Benjamin Constant Botelho de Magalhães, faleceu no dia 18 de janeiro de 1891, em Jurujuba, Niterói, vítima de várias complicações decorrentes da malária.

Informações biográficas de Benjamin Constant:

Data do Nascimento: 18/10/1833
Data da Morte: 22/01/1891
Nasceu há 180 anos
Morreu aos 57 anos
Morreu há 123 anos

Última atualização do biografia de Benjamin Constant: 09/09/2014.
« Belo « Benito Mussolini « Benjamin Constant » Benjamin Franklin » Bento Gonçalves da Silva »