Lamartine Babo

Compositor brasileiro

Biografia de Lamartine Babo:

Lamartine Babo (1904-1963) foi um compositor brasileiro. Compôs canções de vários gêneros, mas foi com as marchinhas carnavalescas que seu nome tornou-se conhecido. Em suas músicas predominava o humor refinado e a irreverência. É sua a letra da valsa "Eu sonhei que tu estavas tão linda" e da marchinha "Teu cabelo não nega" essa feita em parceria com os irmãos Valença.

Lamartine Babo (1904-1963) nasceu na Rua Teófilo Otoni, no centro da cidade do Rio de Janeiro, no dia 10 de janeiro de 1904. A família logo muda-se para o bairro da Tijuca. Filho de Leopoldo Azeredo Babo e Bernarda Preciosa Gonçalves Babo. Iniciou seus estudos em escola pública. Em 1915 ingressou no Colégio São Bento, para cursar o ginasial. Estudou no Colégio Pedro II, onde formou-se em Letras.

Foi criado em ambiente musical, sua mãe e suas irmãs tocavam piano, sua casa era frequentada por vários músicos. Seu talento não tardou a se manifestar. Aos 13 anos de idade, compôs sua primeira valsa "Torturas do Amor" e aos 16 anos, compôs a opereta "Cibele". Mesmo tendo sido um leigo em técnica musical, Lamartine tinha facilidade para criar melodias perfeitas, resultantes de seu espírito inventivo e altamente versátil. Lamartine Babo compôs canções de vários gêneros. No entanto, foi através das marchinhas carnavalescas que o seu nome se tornou mundialmente conhecido. Em suas letras, predominavam o humor refinado e a irreverência.

Lamartine Babo era torcedor do América e apaixonado por futebol, compôs a letra e a música de hinos para vários clubes do Rio de Janeiro. Em 1925, depois de ser despedido da Light, onde trabalhava como office-boy, pode se dedicar exclusivamente à música. Passou a compor para blocos carnavalescos. Neste ano, conquistou certo prestígio com a marchinha "Foi Você". Sua primeira marchinha gravada, foi a divertida "Os Calças-Largas", em que Lamartine debochava dos rapazes que usavam calças boca-de-sino.

Em 1937, com a censura imposta pelo Estado Novo de Getúlio Vargas, carnavalescos irreverentes como Lamartine Babo ficaram proibidos de utilizar a sátira em suas composições. Sem a irreverência costumeira, as marchinhas não foram mais as mesmas. Lamartine Babo só casou em 1951, com 47 anos.

Lamartine de Azevedo Babo morreu vitimado por um enfarte, no dia 16 de Junho de 1963, no Rio de Janeiro, deixando seu nome no rol dos grandes compositores deste país.

Informações biográficas de Lamartine Babo:

Data do Nascimento: 10/01/1904
Data da Morte: 16/06/1963
Nasceu há 110 anos
Morreu aos 59 anos
Morreu há 50 anos

Última atualização do biografia de Lamartine Babo: 16/04/2012.
« Khalil Gibran « Lady Gaga « Lamartine Babo » Lampião » Lasar Segall »