Leon Tolstói

Escritor russo

Biografia de Leon Tolstói:

Leon Tolstói (1828-1910) foi escritor russo. "Autor de Guerra e Paz", obra que o tornaria célebre. Suas ideias revolucionárias sobre educação dos camponeses, chocaram o espírito aristocrata da época.

Leon Tolstói (1828-1910) nasceu em Iasnaia Poliana, Rússia, no dia 09 de setembro de 1828. Filho de Nicolau Tolstói, sua origem ilustre, remota à princesa Maria Nicolaievna. Com nove anos ficou órfão e foi educado por preceptores particulares. Em 1841, muda-se para Kazan e em 1844, ingressa na universidade. Dedica-se aos estudos orientais e depois às ciências jurídicas.

Senhor de inúmeros servos, dono de 2.200 hectares de terra, tem sua juventude dividida em contradições. Entusiasma-se com o luxo e as frivolidades da capital, ocupa-se dos servos, procura oferecer-lhes melhores condições. Duvida das próprias certezas e sente as contradições dos dois mundos em que vive.

Ao completar 23 anos, entra para o Exército, ao mesmo tempo em que publica os capítulos da autobiografia "Infância"(1852), na revista O Contemporâneo, de São Petersburgo. Um ano depois eclode a Guerra da Crimeia entre russos e turcos. Por ser de origem nobre, recebe o posto de oficial, sendo designado para lutar em Sebastopol, onde escreve, em 1854, "Os Relatos de Sebastopol".

Leon Tolstói volta para São Petersburgo, em 1855, descrente da guerra, após a derrota das tropas russas. A vida na corte o decepcionou, administrar suas propriedades não o satisfazia e a vida militar o repugnava. Dedica-se a escrever, o sucesso de "Infância" era um incentivo. Completando a trilogia autobiográfica, publica "Adolescência e Juventude". Em seguida "Uma Tormenta de Neve", obras que despertam o interesse do público e da crítica literária.

Em 1857, troca a carreira de oficial pelas letras. Inicia uma série de viagens pela Europa, onde observa as novas experiências em matéria de educação. Influenciado desde a adolescência pela obra de Jean-Jacques Rousseau (1712-1778), acredita que a função da educação seria melhorar a moral e moldar o caráter, através da autodisciplina. Para aplicar suas teorias funda uma escola em Iasnaia Poliana, para educar os camponeses, o que chocou os círculos intelectuais da Rússia. Tolstói foi o precursor das ideias revolucionárias que conturbariam a Rússia no século seguinte.

Em 1862 casa-se com Sofia Andreievna. Começa a trabalhar na obra que o consagraria "Guerra e Paz". A primeira parte foi publicada em 1865, sob o título de "Mil Oitocentos e Cinco". Escreve também artigos, contos e uma cartilha para a escola primária, onde escreve, de forma original, as lendas folclóricas russas. Em 1869, conclui "Guerra e Paz", que é dado ao público.

Sofia não aceita as ideias do marido sobre a educação dos filhos, nem a dedicação à escola. Tolstói escreve "Anna Karina", outro grande sucesso. A morte sucessiva de três filhos, e de uma tia, abala a vida do escritor. Começa uma grande transformação em sua vida, afirmando que "O pivô do mal é a propriedade". Repudia a nobreza, veste-se como camponês, anda descalço e serve-se a si próprio. Divide os móveis da família entre a mulher e os filhos. Deixa metade dos direitos autorais para o público. Publica "A Morte de "Ivã Ilyitch" (1886), "Sonata de Kreutzer" (1889), "Senhor e Servo" (1889) e "Ressurreição" (1899). Escreve em seu diário: "Tenho uma terrível vontade de deixar-me ir"

Leon Nicolaievich Tolstói faleceu em Iasnaia Poliana, no dia 14 de novembro de 1910.

Informações biográficas de Leon Tolstói:

Data do Nascimento: 28/08/1828
Data da Morte: 14/11/1910
Nasceu há 186 anos
Morreu aos 82 anos
Morreu há 104 anos

Última atualização do biografia de Leon Tolstói: 09/09/2014.
Biografias Relacionadas
« Leonel Brizola « Leônidas « Leon Tolstói » Leo Hendrik Baekeland » Lewis Carroll »