Leon Tolstói

Escritor russo

Biografia de Leon Tolstói:

Leon Tolstói (1828-1910) foi um escritor russo, autor de “Guerra e Paz", obra prima que o tornaria célebre. Profundo pensador social e moral é considerado um dos mais importantes autores da narrativa realista de todos os tempos.

Leon Tolstói (1828-1910) nasceu em Iasnaia Poliana, Rússia, no dia 09 de setembro de 1828. Filho de Nicolau Tolstói, de origem ilustre, que remota à princesa Maria Nicolaievna. Com nove anos ficou órfão sendo então educado por preceptores. Em 1841, muda-se para Kazan e em 1844 ingressa na universidade. Dedica-se aos estudos de línguas orientais e às Ciências Jurídicas, mas insatisfeito com o ensino formal abandona o curso.

Senhor de inúmeros servos, dono de 2.200 hectares de terra, tem sua juventude dividida em contradições. Entusiasma-se com o luxo e a frivolidade da capital, porém preocupa-se com os servos e procura oferecer-lhes melhores condições. Duvida das próprias certezas e sente as contradições dos dois mundos em que vive.

Ao completar 23 anos, entra para o Exército, ao mesmo tempo em que publica os capítulos da autobiografia "Infância" (1852), na revista O Contemporâneo, de São Petersburgo. Um ano depois eclode a Guerra da Crimeia entre russos e turcos. Por ser de origem nobre, recebe o posto de oficial, sendo designado para lutar em Sebastopol, onde escreve, em 1854, "Os Relatos de Sebastopol".

Leon Tolstói volta para São Petersburgo, em 1855, descrente da guerra, após a derrota das tropas russas. A vida na corte o deixa decepcionado, administrar suas propriedades não o satisfaz e a vida militar o repugnava. Dedica-se a escrever, o sucesso de "Infância" era um grande incentivo. Em 1854 escreve "Adolescência" e em 1856 escreve "Juventude", completando assim a trilogia autobiográfica. Em seguida publica "Uma Tormenta de Neve" (1856), obras que despertam o interesse do público e da crítica literária.

Em 1857, troca a carreira de oficial pelas letras. Inicia uma série de viagens pela Europa, onde observa as novas experiências em matéria de educação. Influenciado desde a adolescência pela obra de Jean-Jacques Rousseau (1712-1778), acredita que a função da educação seria melhorar a moral e moldar o caráter, através da autodisciplina. Para aplicar suas teorias funda uma escola em Iasnaia Poliana, para educar os camponeses, o que chocou os círculos intelectuais da Rússia. Tolstói foi o precursor das ideias revolucionárias que conturbariam a Rússia no século seguinte.

Em 1862 casa-se com Sofia Andreievna. Começa a trabalhar na obra que o consagraria "Guerra e Paz". A primeira parte foi publicada em 1865, sob o título de "Mil Oitocentos e Cinco". Escreve também artigos, contos e uma cartilha para a escola primária, onde escreve, de forma original, as lendas folclóricas russas. Em 1869, conclui "Guerra e Paz". Em 1877 escreve "Anna Karenina, um dos melhores romances psicológicos da literatura moderna.

Tolstói publicou "Uma Confissão (1882), onde descreve sua crescente confusão espiritual. "A Morte de "Ivã Ilyitch" (1886), "Sonata de Kreutzer" (1889), "Senhor e Servo" (1889) e "Ressurreição" (1899). Escreveu em seu diário: "Tenho uma terrível vontade de deixar-me ir"

Com uma vida pessoal cheia de conflitos, Tolstói assume uma posição anarquista, recusando toda forma de governo e poder. Entra em crise espiritual, questiona a sociedade em que vive, rejeita a autoridade da Igreja Ortodoxa e é excomungado em 1901.

Sua esposa não aceita as ideias do marido sobre a educação dos filhos, nem a dedicação à escola, os conflitos são constantes. A morte sucessiva de três filhos, e de uma tia, abala a vida do escritor. Começa uma grande transformação em sua vida, afirmando que "O pivô do mal é a propriedade". Repudia a nobreza, veste-se como camponês, anda descalço e serve-se a si próprio. Divide os móveis da família entre a mulher e os filhos, deixa metade dos direitos autorais para o público. No meio da noite, abandona sua casa, acompanhado de seu médico e de sua filha mais nova.

Leon Nicolaievich Tolstói faleceu em consequência de uma pneumonia, em Iasnaia Poliana, no dia 14 de novembro de 1910, na estação ferroviária de Astapovo, na província de Riaz.

Informações biográficas de Leon Tolstói:

Idade: 186 anos
Data do Nascimento: 09/09/1828
Data da Morte: 14/11/1910
Nasceu há 186 anos
Morreu aos 82 anos
Morreu há 104 anos

Última atualização do biografia de Leon Tolstói: 07/01/2015.
Biografias Relacionadas
« Leonel Brizola« Leônidas«Leon Tolstói»Leo Hendrik Baekeland »Lewis Carroll »