Luiz Inácio Lula da Silva

Ex-presidente do Brasil

Biografia de Luiz Inácio Lula da Silva:

Luiz Inácio Lula da Silva (1945-) ex-presidente do Brasil, ficou no cargo entre 01 de janeiro de 2003 até 01 de janeiro de 2011. É mais conhecido como Lula, apelido que teve que ser incluído em seu nome, para poder usá-lo em sua campanha eleitoral. Lula foi um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores (PT) e hoje é o Presidente de Honra. Depois de três derrotas (1889,1994 e 1998) em eleições para presidente do Brasil, Lula foi eleito em 2002 e reeleito em 2006. Por ter conseguido uma avaliação positiva em seu governo, levou sua Ministra da Casa Civil, a disputar o cargo de Presidente e sair vitoriosa. Lula foi condecorado com mais de 300 prêmios e honrarias, dentro e fora do país.

Luís Inácio Lula da Silva, Nasceu em 27 de outubro de 1945 na localidade de Caetés, na cidade de Garanhuns, Pernambuco. Lula é o sétimo dos oito filhos de Aristides Inácio da Silva e Eurídice Ferreira de Mello. Em dezembro de 1952, com sete anos, junto com sua família, migrou para o litoral paulista, viajando 13 dias num caminhão "pau de arara". Foi morar em Vicente de Carvalho, bairro pobre do Guarujá. Foi alfabetizado no Grupo Escolar Marcílio Dias.

Em 1956, a família de Lula mudou-se para São Paulo, passando a morar num único cômodo, nos fundos de um bar, no bairro de Ipiranga. Aos 12 anos de idade, Lula conseguiu seu primeiro emprego numa tinturaria. Também foi engraxate e office-boy. Com 14 anos, começou a trabalhar nos Armazéns Gerais Columbia, onde teve a Carteira de Trabalho assinada pela primeira vez. Lula transferiu-se depois para a Fábrica de Parafusos Marte e obteve uma vaga no curso de torneiro mecânico do SENAI - Serviço Nacional da Indústria. O curso durou 3 anos e Lula tornou-se metalúrgico. Trabalhando na Metalúrgica Independência, no turno da noite, perdeu o dedo mínimo da mão esquerda em uma máquina.

Casado com Maria Letícia da Silva, Lula é pai de Fábio Luís (1975), Sandro Luís (1979) e Luís Claudio (1985). Sua filha Lurian foi fruto de relacionamento com Miriam Cardoso, sua namorada na época. Sua primeira esposa Maria de Lourdes da Silva, faleceu de hepatite, quando era submetida a uma cesariana.

A crise após o golpe militar de 1964 levou Lula a mudar de emprego, passando por várias fábricas, até ingressar nas Indústrias Villares, uma das principais metalúrgicas do país, localizada em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. Trabalhando na Villares, Lula começou a ter contato com o movimento sindical, através de seu irmão José Ferreira da Silva, mais conhecido por Frei Chico. Em 1969, o Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e Diadema fez eleição para escolher uma nova diretoria e Lula foi eleito segundo suplente. Na eleição seguinte, em 1972, tornou-se primeiro secretário.

Em 1975, Lula foi eleito presidente do sindicato com 92 por cento dos votos, passando a representar 100 mil trabalhadores. Lula deu então uma nova direção ao movimento sindical brasileiro. Em 1978, foi reeleito presidente do sindicato e, após 10 anos sem greves operárias, ocorreram no país as primeiras paralisações. Em março de 1979, 170 mil metalúrgicos pararam o ABC paulista. A repressão policial ao movimento grevista e a quase inexistência de políticos que representassem os interesses dos trabalhadores no Congresso Nacional fez com que Lula pensasse pela primeira vez em criar um Partido dos Trabalhadores. O Brasil atravessava, então, um processo de abertura política lenta e gradual comandada pelos militares ainda no poder.

No dia 10 de fevereiro de 1980, Lula fundou o PT, juntamente com outros sindicalistas, intelectuais, políticos e representantes de movimentos sociais, como lideranças rurais e religiosas. Em 1980, nova greve dos metalúrgicos provocou a intervenção do Governo Federal no sindicato e a prisão de Lula e outros dirigentes sindicais, com base na Lei de Segurança Nacional. Lula passou 31 dias recolhido às instalações do DOPS paulista.

Em 1982 o PT já estava implantado em quase todo o território nacional. Lula liderou a organização do partido e disputou naquele ano o Governo de São Paulo mas não se elegeu. Em agosto de 1983 participou da fundação da CUT - Central Única dos Trabalhadores. Em 1984 participou, como uma das principais lideranças, da campanha das "diretas já" para a Presidência da República. Em 1986 foi eleito o deputado federal por São Paulo, mais votado do país, para a Câmara Federal.

O PT lançou Lula para disputar a Presidência da República em 1989, após 29 anos sem eleição direta para o cargo. Perdeu a disputa, no segundo turno, por pequena diferença de votos para o candidato Fernando Collor de Mello. Dois anos depois Lula liderou uma mobilização nacional contra a corrupção que acabou no "impeachment" do presidente Fernando Collor de Mello. Em 1994 e 1998, Lula voltou a se candidatar a presidente da República e foi derrotado por Fernando Henrique Cardoso.

Desde 1992, Lula atua como conselheiro do Instituto Cidadania, organização não governamental criada após a experiencia do Governo Paralelo, voltado para estudos, pesquisas, debates, publicações e principalmente formulação de propostas de políticas públicas nacionais, bem como de campanhas de mobilização da sociedade civil rumo à conquista dos direitos de cidadania para todo o povo brasileiro. Na última semana de junho de 2002, a Convenção Nacional do PT aprovou uma ampla aliança política (PT, PL, PCdoB, PCB e PMN) que teve por base um programa de governo para resgatar as dívidas sociais fundamentais que o país tem com a grande maioria do povo brasileiro.

Lula concorreu em 2002, pela quarta vez ao cargo de presidente da República, tendo como vice presidente o empresario e Senador José de Alencar, do PL de Minas Gerais e finalmente em 27 de outubro de 2002, aos 57 anos de idade, com quase 53 milhões de votos, Luiz Inácio Lula da Silva é eleito Presidente da República Federativa do Brasil, derrotando José Serra, Ministro da Saúde. Lula concorreu novamente em 2006, para reeleição de presidente, sendo eleito e derrotando Geraldo Alckmin do PSDB.

Lula adotou em seus governos, políticas econômica conservadoras, a dívida interna cresceu, mas a dívida externa caiu em valores consideráveis. Os baixos índices inflacionários eram conseguidos com o uso de políticas monetárias restritas.

Lula recebeu prêmios e condecorações em vários países. No Brasil recebeu a medalha de ordem do Mérito Militar, Naval, Aeronáutica, a Ordem do Cruzeiro do Sul, do Rio Branco, a ordem do Mérito Judiciário e da Ordem Nacional do Mérito. Recebeu da UNESCO, em 2008 o Prêmio da Paz; em 2009 foi destacado como O Homem do Ano nos jornais Le Monde e o El País. Em 2012 recebeu o prêmio de Estadista Global em Davos na Suíça.

Em 2011, desde que deixou o cargo de presidente, Lula vem sendo convidado para conferir palestras em empresas no Brasil e no exterior.

Em 29 de outubro de 2011, Lula vai ao Hospital Sírio Libanês, apresentando rouquidão e sentindo dor na garganta. É submetido a exames que diagnosticam um tumor maligno na laringe, medindo entre dois e três centímetro. Em declaração o oncologista Artur Katz descartou a realização de cirurgia para retirada do tumor, porque os pacientes submetidos a esse tipo de cirurgia apresentam dificuldades na fala. Lula passou por sessões de quimioterapia, foi submetido a uma combinação de químio e radioterapia. O tratamento terminou em fevereiro de 2012. O ex-presidente recebeu o diagnóstico de que o tumor havia desaparecido. Sessões de fonoaudiologia foram realizadas para recuperar a fala.

Informações biográficas de Luiz Inácio Lula da Silva:

Idade: 68 anos
Data do Nascimento: 27/10/1945

Última atualização do biografia de Luiz Inácio Lula da Silva: 07/03/2013.
« Luiz Felipe Pondé « Luiz Gonzaga « Luiz Inácio Lula da Silva » Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança » Lula Cardoso Ayres »