M. C. Escher

Artista gráfico holandês

Biografia de M. C. Escher:

M. C. Escher (1898-1972) foi um artista gráfico holandês, conhecido pelos trabalhos em litogravuras que representavam várias perspectivas geradoras de ilusões de ótica no receptor.

Maurits Cornelis Escher nasceu em Leeurwaden. O artista teve grande influência da arte espanhola, significativamente os mosaicos. Foi na cidade de Alhambra, na Espanha, que Escher encantou-se com a arte da cidade, que possuía fortes traços árabes. A geometria, constante na arte de Escher, era caraterística da arte árabe, pois a religião islã proibia o uso do figurativo.

Escher, em seus desenhos, fazia uso do plano bidimensional no papel, proporcionando certas mudanças nos traços, mas sem alterar o polígono original. O que acontecia era uma gama de possibilidades que surgiam. Foi considerado um artista matemático, sobretudo geométrico.

A obra de Escher possui várias fases: Período das paisagens (1922-1937), o Período das Metamorfoses (1937-1945), Período das gravuras subordinadas à perspectiva (1946-1956) e Período da aproximação ao infinito (1956-1970). Obras famosas de Escher: “Torre de Babel” (1928), a série Metamorfoses (1937 a 1940), “Em cima e em baixo” (1947), “Côncavo e Convexo” (1955).

Escher faleceu na Holanda em 1970.

Informações biográficas de M. C. Escher:

Data do Nascimento: 17/06/1898
Data da Morte: 27/03/1972
Nasceu há 116 anos
Morreu aos 73 anos
Morreu há 42 anos

Última atualização do biografia de M. C. Escher: 05/04/2012.
« Murilo Benício « Murilo Mendes « M. C. Escher » Napoleão Bonaparte » Napoleão III »