Manuel Antônio de Almeida

Escritor brasileiro

Biografia de Manuel Antônio de Almeida:

Manuel Antônio de Almeida (1831-1861) foi escritor e médico brasileiro. Autor de um único romance "Memórias de um Sargento de Milícias". Fez parte de geração romântica. Patrono da cadeira nº 28 da Academia Brasileira de Letras.

Manuel Antônio de Almeida (1831-1861) nasceu no Rio de Janeiro no dia 17 de novembro de 1831. Filho dos portugueses Antônio de Almeida e Josefina Maria de Almeida. Ficou órfão de pai com 10 anos de idade. Ainda estudante, em 1851, começou a colaborar com a imprensa, publicando poesias e traduções. Concluiu o curso de medicina em 1855, mas não exerceu a profissão, dedicando-se ao jornalismo.

Foi redator e revisor do jornal Correio Mercantil, onde em 1852 publicava semanalmente em fascículos e que depois formaria o seu único romance "Memórias de um Sargento de Milícias". Começou a fazer sucesso entre os leitores cariocas, mas o autor se escondia atrás do pseudônimo "Um brasileiro".

"Memórias de um Sargento de Milícias" conta a vida do povo, que vivia nas casas simples do Rio de Janeiro. O romance relata as peripécias de Leonardo, seus casos com Luisinha, com quem acaba se casando no final. Publicado em 1853, em livro passou a ocupar um lugar especial na história do romantismo brasileiro.

Em 1857 entra para o serviço público, sendo nomeado administrador da Tipografia Nacional. Tornou-se amigo e protetor do funcionário Machado de Assis, que trabalhava como aprendiz de tipógrafo. Disposto a entrar para a política, dirigi-se de vapor a Campos, no Estado do Rio, quando houve o naufrágio, perto de Macaé. Disse o crítico José Veríssimo, no século XIX "Naufragou com ele a maior esperança da literatura brasileira".

Manuel Antônio de Almeida morreu no dia 28 de novembro de 1861.

Informações biográficas de Manuel Antônio de Almeida:

Idade: 183 anos
Data do Nascimento: 17/11/1831
Data da Morte: 28/11/1861
Nasceu há 183 anos
Morreu aos 30 anos
Morreu há 153 anos

Última atualização do biografia de Manuel Antônio de Almeida: 07/07/2015.
« Madre Paulina« Mahatma Gandhi«Manuel Antônio de Almeida»Manuel Bandeira »Manuel Botelho »