Montesquieu

Filósofo e escritor francês

Biografia de Montesquieu:

Montesquieu (1689-1755) foi um filósofo social e escritor francês. Foi o autor de "Espírito das Leis". Foi o grande teórico daquilo que veio a ser mais tarde a separação dos três poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário. É considerado o autêntico precursor da Sociologia Francesa. Foi um dos grandes nomes do pensamento iluminista, junto com Voltaire, Locke e Rousseau.

Montesquieu (1689-1755) nasceu no castelo de La Brède, perto de Bordeaux, França, no dia 18 de janeiro de 1689. Filho de nobre, estudou no Colégio Juilly. Com 16 anos de idade ingressou no curso de Direito da Universidade de Bordeaux. Antes de se interessar por filosofia política, estudou filosofia natural.

Estudou Biologia, Geologia e Física. Com 27 anos de idade escreveu uma dissertação sobre a política dos romanos na religião. Também escreveu sobre ciências naturais e sobre doenças, como a função das glândulas renais. Herdou o título de nobreza e uma propriedade rural produtora de vinho, que manteve pelo resto da vida.

Montesquieu foi Presidente do Parlamento de Bordeaux e pertenceu à Academia Francesa. Para conhecer de perto as instituições políticas dos outros povos, percorreu diversos países em viagem de estudos. Morou dois anos na Inglaterra, quando tomou contato com as ideias liberais naquele país. Fez parte da Academia Real de Londres e da Academia Real de Ciências de Berlim.

Montesquieu era defensor da liberdade religiosa, embora não fosse religioso. Porém, criticava o abuso da igreja, e o poder autoritário e os excessos cometidos no reinado de Luís XVI, o que registrou no livro “Cartas Persas” (1721).

O livro mais importante de Montesquieu é “O Espírito das Leis” (1748), onde defendeu que toda forma de governo deveria obedecer às leis e não à vontade do monarca e da religião. Elaborou nessa obra a divisão que existe em todos os governos liberais e democráticos: os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Dessa forma, o governante seria um simples executor da vontade da sociedade, conforme as leis redigidas por um corpo de legisladores e julgados pelos tribunais, o que limitaria o poder absolutista dos reis. Também pregava a necessidade de um conjunto de leis que expressassem os valores de toda a sociedade e que fossem obedecidas inclusive pelos governantes: seria a Constituição de um Estado.

Charles Louis de Secondat, Barão de La Brède e de Montesquieu faleceu em Paris, França, no dia 10 de fevereiro de 1755.

Informações biográficas de Montesquieu:

Data do Nascimento: 18/01/1689
Data da Morte: 10/02/1755
Morreu aos: 66 anos

Última atualização do biografia de Montesquieu: 26/01/2016.
« Monsenhor Waldir Lopes de Castro« Monteiro Lobato«Montesquieu»Murilo Benício »Murilo Mendes »