Rafael Sanzio

Pintor italiano

Biografia de Rafael Sanzio:

Rafael Sanzio (1483-1520) foi pintor italiano, uma das grandes expressões do Renascimento. Mestre da pintura e arquitetura da Escola de Florença. É considerado um dos maiores pintores do renascimento juntamente com Leonardo da Vinci e Michelangelo.

Rafael Sanzio (1483-1520) nasceu em Urbino, cidade que possuía o espírito renascentista, por ser um grande centro da pintura italiana. Filho de Giovanni Santi, poeta e pintor da corte de Mantua. Rafael foi logo introduzido por seu pai na corte de Urbino, governada por Federico da Montefeltro. Com a influência de pintores como Luca Signorelli, Rafael já se destacava com sua pintura, com apenas 17 anos de idade.

Entre 1504 e 1508, Rafael viveu principalmente em Florença, onde recebeu influência de Leonardo da Vinci e Michelangelo. Aprendeu as técnicas de afresco com o pintor Perugino. Destacou-se nessa época com a pintura "O Casamento da Virgem" (1504) e "A Deposição de Cristo" (1507). Em 1508 pintou "Madona do Baldaquino", que continha a estética absorvida através do grande mestre, Michelangelo. Sob influência de Leonardo da Vinci, pintou "Madona Esterházy" (1508) e "A Bela Jardineira" (1508). Rafael soube aplicar as técnicas de Leonardo da Vinci, como o sfumato e o chiaroscuro.

Em 1508, foi convidado pelo papa Júlio II para ir a Roma, para decorar com afrescos vários recintos do Vaticano. No primeiro deles, a Stanza della Segnatura, Rafael pintou uma de suas maiores obras, "A Escola de Atenas" (1509-1511), onde fez uma homenagem aos antigos sábios gregos. No centro do afresco, ocupando o lugar principal, estão Platão e Aristóteles. Como a filosofia de Platão é espiritualista, ele foi representado apontando para o alto. E como a filosofia de Aristóteles é baseada na experiência e na observação da realidade, ele aparece apontando para o chão.

Aparece ainda no afresco, os matemáticos Pitágoras, Euclides, os filósofos Epicuro, Diógenes, o astrônomo Ptolomeu e outros. A figura meditativa do filósofo Heráclito, na verdade é o retrato de Michelangelo, que na época estava pintando o teto da Capela Sistina.

Em 1514, sucedeu o arquiteto Bramante, como o responsável pela Catedral de São Pedro. Projetou a cruz latina em substituição à cruz grega. Participou de muitas outras obras como na decoração das loggias (galerias). Durante o restante de sua carreira era tão requisitado que boa parte de sua obra foi realizada com o auxilio de um grupo de assistentes.

Raffaello Sanzio morreu em Roma, no dia 6 de abril de 1520, ao completar 37 anos e foi enterrado no Panteão de Roma.

Informações biográficas de Rafael Sanzio:

Data do Nascimento: 06/04/1483
Data da Morte: 06/04/1520
Nasceu há 531 anos
Morreu aos 37 anos
Morreu há 494 anos

Última atualização do biografia de Rafael Sanzio: 24/10/2012.
« Quintino Bocaiúva « Rachel de Queiroz « Rafael Sanzio » Raimundo Carrero » Rainha Vitória »