William Wallace

Guerreiro escocês

Biografia de William Wallace:

William Wallace (1272-1305) foi um guerreiro escocês. Liderou a resistência à dominação inglesa durante o reinado de Edward I. Herói para os escoceses, foi representado no filme Coração Valente protagonizado por Mel Gibson.

William Wallace (1271-1305) nasceu provavelmente em Elderslie, na Paróquia de Paisley, Escócia, em 1272. Era o filho mais novo de James Stewart, cavaleiro escocês e latifundiário menor. Wallace recebeu educação em Paisley Abbey, de seus tios sacerdotes, pois sabia latim e francês.

Em 1296, após John Balliol Ter renunciado o trono da Escócia, Edward I assumiu o controle do trono. Insatisfeitos os escoceses reagiram com rebeliões por todo o país. James Stewart, Sir James Douglas e Robert the Bruce, aliados com Wallace e sob a tutela do Bispo de Glascow, Robert Wishart, prepararam-se para libertar a Escócia dos ingleses. Numa batalha o xerife inglês foi morte por Wallace. No Norte do país, o jovem Andrew Murray liderou uma ressurreição.

Em 11 de setembro de 1297 Wallace e Murray conseguiram uma vitória na Batalha de Stirling Bridge. As forças inglesas se reuniram ao redor do Castelo de Stirling, ao passo que os escoceses estavam no lado oposto do rio Forth, tudo o que os separava era uma ponte sobre o Forth. Os ingleses caíram em uma armadilha ao cruzarem a ponte e foram massacrados pelos escoceses, que sofreram uma baixa, Andrew Maurrat, ficou ferido e morreu dois dias depois.

Wallace assumiu o controle dos rebeldes e liderou seus homens em um ataque a County Durham, Inglaterra, em outubro e em novembro. Em seguida retornaram para a Escócia para esperar o inverno rigoroso. Durante esse tempo, ele reconsolidou suas forças. Em março de 1298, Wallace foi feito cavaleiro, possivelmente pelo próprio Robert the Bruce, em Tor Wood e foi designado como Guardião da Escócia.

Edward I e seus homens finalmente se dirigiram para a Escócia, em julho de 1298. Uma das táticas de Wallace era remover todos os animais e pessoas do caminho que os ingleses tomariam através da Escócia para encontrá-lo, Isso garantiria que os ingleses não encontrariam provisões nem informações ao viajarem para o norte, uma outra tática de Wallace era treinar seus homens para usar shiltrons os grupos de homens armados com lanças viradas para todas as direções.

Wallace e seus homens aguardaram os ingleses mas, o exército inglês era muito maior que o escocês e apesar dos esforços de Wallace, os ingleses dizimaram os escoceses em Falkirk. O próprio Wallace mal escapou do campo com vida. Depois da perda escocesa em Falkirk, Wallace renunciou como Guardião. Robert the Bruce e seu primo John Comyn, foram indicados para substituí-lo.

Wallace pode ter ido para o continente para procurar ajuda de escandinavos, franceses e até do Papa. Uma carta de Philip IV foi enviada para Roma pedindo que Wallace recebesse a ajuda que fosse possível. Com base na data da carta, provavelmente Wallace estava em Roma em 1300.

Os ataques à Inglaterra continuaram em 1303, a maioria deles executados no estilo de Wallace. Com a ajuda dos muitos escoceses que o acreditavam herói. Os dias de Wallace estavam contados, embora nada seja sabido a respeito da verdadeira captura de Wallace perto de Glasgow, a não ser pelo fato de que ela foi realizada pelo escocês John Mentieth.

Wallace foi levado para Londres, não teve oportunidade de falar em sua própria defesa e a sentença foi executada imediatamente, foi torturado e por fim decapitado.

Vários monumentos foram construídos pelos escoceses a seu herói: um no Castelo Edinburgh, um em Lanark, em um nicho acima da porta da atual igreja da paróquia de frente para a High Street, e o mais famoso, em Stirling, no National Wallace Monument.

William Wallace faleceu em Londres, Inglaterra, no dia 23 de agosto de 1305.

Última atualização do biografia de William Wallace: 26/08/2013.
« William Harvey « William Shakespeare « William Wallace » Winston Churchill » Wolfgang Amadeus Mozart »