Zico

Jogador de futebol

Biografia de Zico:

Zico (1953-) foi jogador de futebol. Faz parte do rol dos melhores jogadores de futebol do Brasil e do mundo. Jogou em três Copas do Mundo pela Seleção Brasileira: na Argentina em 1978, na Espanha em 1982 e no México em 1986. Jogou pelo Flamengo a maior parte de sua carreira. Foi o maior artilheiro da história do Flamengo e o terceiro maior artilheiro da seleção brasileira com 67 gols. Depois de sua despedida dos gramados brasileiros, jogou e foi treinador em vários países do mundo. Foi diretor de futebol do Flamengo e hoje é comentarista esportivo.

Zico (1953-) nasceu no Rio de Janeiro, no dia 03 de março de 1953. Iniciou sua carreira no time de futebol de salão, formado por amigos, o Juventude de Quintino, no bairro de Quintino de Bocaiuva, no Rio de Janeiro. Ainda criança já se destacava nos jogos. Em 1967 entrou para a escolinha do Flamengo. Em 1969 ganhou o campeonato carioca infantil. Em 1971 participou da primeira partida do time principal do juvenil. Em 1972 foi campeão carioca juvenil.

Por ser muito franzino, passou por uma intensa preparação física que lhe rendeu 17 centímetros e 33 quilos a mais. Em 1974 entrou como titular do clube, quando ganhou a camisa 10. A partir de 1978 o Flamengo entrou para a "era Zico", em que ganhou vários títulos em inúmeros campeonatos. Foram 509 gols só com a camisa do Flamengo, fazendo mais que o dobro do segundo artilheiro do time.

Participou da Seleção Brasileira entre os anos de 1976 e 1986, marcando 67 gols em 89 partidas. Disputou três copas do mundo, em 1978 na Argentina, em 1982 na Espanha e em 1986 no México, mas não levantou nenhuma taça.

Em 1983 Zico foi negociado com a equipe italiana da Udinese onde foi campeão do Torneio Quadrangular no mesmo ano. Após duas temporadas na Itália, o jogador retorna ao Flamengo. Em 1985 no jogo contra o Bangu, rompe os ligamentos cruzados do joelho e passa por várias cirurgias. Foi Secretário Nacional de Esportes, no governo de Fernando Collor, nos anos de 1990 e 1991.

De volta aos gramados, em 1991 vai para o Japão. Jogou no Kashima Antlers até 1994. Ganhou a Copa Muroran em 1992, a Copa Suntory em 1993, a Meiers Cup em 1993 e a Pepsi Cup no mesmo ano. Era chamado pelos torcedores de "Shamá"que significa divino.

Zico volta ao Japão em 2002 como treinador da Seleção Japonesa. Apesar de ser eliminado na Copa das Confederações em 2003, é campeão da Ásia em 2004 e da Copa Kirin no mesmo ano.

Em 2007 Zico foi contratado para treinar o Fenerbahce, na Turquia, que estava repleto de Jogadores brasileiros. O time ganhou o Campeonato Turco em 2007, Ganhou a Super Copa da Turquia e chegou às quartas de finais da Liga dos Campeões da UEFA.

Zico foi contratado em 2008 para treinar um time do Uzebequistão, país da Ásia Central, o Bunyodkor, onde jogava o brasileiro Rivaldo. Durante os quatro meses que permaneceu no time, conquistou a Copa do Uzbequistão em 2008 e o Campeonato Uzbeque de Futebol.

Em 9 de janeiro de 2009, vai para o CSKA Moscou. Sua estreia foi na fase decisiva da Copa da UEFA contra o time inglês do Aston Vila e conseguiu a classificação para as oitavas de finais, mas foi eliminado na fase seguinte. Zico ficou em Moscou até 10 de setembro do mesmo ano.

Em 16 de setembro de 2009 O Olympiacos da Grécia anunciou sua contratação por dois anos, mas Zico só permaneceu no clube até 15 de janeiro de 2010. Zico foi diretor de futebol do Flamengo durante cinco meses, em 2010 e hoje é comentarista esportivo.

Informações biográficas de Zico:

Idade: 61 anos
Data do Nascimento: 03/03/1953

Última atualização do biografia de Zico: 28/04/2012.
« Zerbini « Zíbia Gasparetto « Zico » Zilda Arns » Ziraldo »